in

Isabel dos Santos levantou 238 milhões horas antes da conta ser congelada

Isabel dos Santos levantou 238 milhões horas antes de a conta ser congelada.

A pedido da Oi, um tribunal das ilhas Virgens Britânicas emitiu uma ordem de congelamento de bens da Vidatel, sociedade controlada por Isabel dos Santos, entre os quais uma conta do BPI. Mas, sete horas antes de a decisão ser tornada efectiva, a empresária transferiu 238 milhões desta conta para contas pessoais.

O episódio, um de vários na longa disputa entre os sócios da operadora angolana Unitel, aconteceu entre os dias 4 e 26 de Outubro de 2015. Envolveu um magistrado do Supremo Tribunal das Caraíbas Orientais (STCO), sediado nas ilhas Virgens Britânicas, a Vidatel – a empresa através da qual Isabel dos Santos controla 25% da Unitel – e a PT Ventures, a sociedade da brasileira Oi que antes pertencia à Portugal Telecom e que também tem 25% da empresa angolana.

Como pano de fundo deste filme em plenas Caraíbas esteve uma ordem de congelamento mundial dos bens da Vidatel (registada nas ilhas Virgens Britânicas) que a brasileira Oi conseguiu que fosse decretada e as suspeitas que recaíram sobre a transferência de 238 milhões de euros que Isabel dos Santos fez de uma conta da Vidatel no BPI para contas pessoais – operação feita sete horas antes de esta ordem de congelamento de bens ser declarada, no dia 9 de Outubro de 2015.

Source

Written by Esse Mambo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Tchizé dos Santos reage subida do preço dos passaportes “Recuar é para os fortes”

Conhece Os Bastidores do Cubico dos Tunezas |Canal Número 1 Dá Net|